'GOSPEL VIP' - Ser Vip e ter Jesus no coração
 ir para a pagina principal Seja bem vindo!!!  | |   
ser vip e ter Jesus no coração
      
 :: ENQUETE
 + enquetes 
 :: ENTREVISTA

Heloisa Rosa
 + entrevistas 
   : :   Vip Notícias
Delirious? O Fim?
[Fonte:  08/11/2009 - 14:08 - Grupo: Set Mixado]

Falar do Delirious? é "chover no molhado", de certa forma. Os caras têm uma estrada muito longa, ótimos trabalhos registrados e, principalmente, são alguns dos responsáveis pela sonoridade mais moderna da música cristã contemporânea.

Desde sua última passagem pelo Brasil em fevereiro de 2008, eles já estão anunciando a sua parada. Tanto é prova que o baterista original, Stew Smith, já deixou seu cargo para o amigo de longa data, Paul Evans.

O problema de bandas com muitos anos de estrada que anunciam com antecedência que vão parar é que esse "fim" nunca chega. Fato é que o Delirious? tem agenda até o final desse ano. Uma mudança, porém, é que essas agendas são na grande maioria no Reino Unido. Certamente, isso é devido ao cansaço das longas viagens que a banda fez pelo mundo nos últimos anos.

Falando do último registro da banda, o CD/DVD "My Soul Sings - Live in Bogota", vamos dividir em partes:

Primeiro: O encarte (espero que o mesmo seja lançado no Brasil), produzido pelo ex-baterista Stew Smith, é um dos mais belos que a banda já lançou. A cor especial que escolheram para fazê-lo, o formato digipack, as fotos e o designer gráfico estão em níveis muito superiores.

Segundo: Muito bacana a iniciativa da banda de gravar um show na América do Sul. Como brasileiro, dá até uma certa "inveja" do show não ter sido gravado aqui, mas é compreensível. A igreja do pastor Cesar Castellanos (um dos líderes mundiais do G12), em Bogotá, na Colômbia, comporta assombrosamente 20.000 pessoas. Isso realmente já define o motivo da escolha do show acontecer ali. Algo que realmente emociona nessa escolha é que o "sangue latino" fala alto. Cenas de pessoas com os olhos cheios de lágrimas, as crianças que fazem parte do coral da música "All God's Children" emocionadas, mostram que os "hermanos" realmente colocaram o coração nessa gravação.

Terceiro: Vamos esclarecer uma coisa: o ruim do Delirious? já é muito bom. Esse álbum, nem de longe é a melhor apresentação da banda. O cansaço, que citei acima, é nítido na diminuição do andamento de algumas músicas mais antigas. Por outro lado, as músicas do álbum "Kingdom of Confort", o último de estúdio da banda, tem um fôlego novo que vale a pena conferir. Stu Garrard pode até não ser um guitarrista com uma técnica fabulosa, mas seus timbres e riffs falam alto, e isso é sensacional. Martin Smith tem um carisma natural e, mesmo sendo afetado pelo visível cansaço, ele dá o máximo para fazer um bom show.

Se esse será o último registro da banda, sinceramente eu duvido, mas para quem é fã da banda vale a pena. Mas, o que vale mesmo nesse trabalho é ver que, independente do Delirious? ser uma banda (e não um ministério, como muitos pensam), as atitudes espirituais deles e a real preocupação em adorar a Deus com o seu estilo próprio são mais do que visíveis nesses ingleses.

POR CÉSAR RICKY MENDES

Imprimir Adicionar Favoritos Enviar Materia Todas as Materias

  All Rights Reserved Gospel VIP Desenvolvimento: